Como garantir uma boa política de segurança de dados

Como garantir uma boa política de segurança de dados

Licença: Freepik

 

Garantir segurança de dados para sua empresa deve ser uma prioridade. Pense em quantos dados importantes você armazena virtualmente - informações bancárias, dados privados de clientes, informações estratégicas da sua empresa. Uma brecha pode gerar danos e prejuízos. De acordo com o último Relatório de Investigação de Ataques, realizado pela gigante das telecomunicações Verizon, 89% dos ciberataques tiveram uma motivação financeira.

Para saber como garantir uma política eficaz de segurança de dados, é preciso primeiro entender o conceito. Por "segurança de dados", entenda-se a proteção das informações de um ambiente de rede contra ameaças - acidentais ou maliciosas. Uma política bem-sucedida tem como base os princípios da integridade (não-violação dos dados), confidencialidade (garantia de que somente pessoas autorizadas tenham acesso aos dados), e autenticidade (garantia de veracidade) das informações.


Em suma, uma política de segurança de dados eficaz evita que roubo, destruição ou modificação dos dados sem autorização.


À medida que o armazenamento de dados em nuvem chega à maturidade, esse espaço virtual tem se tornado um alvo de hackers e, consequentemente, empresas de segurança têm investido pesado para garantir a segurança dos usuários. Pequenas empresas ainda dependem de serviços internos, enquanto grupos maiores começam a investir para desenvolver o próprio ecossistema de nuvem.


Compliance será a palavra de ordem. Para garantir sua proteção, uma empresa deverá criar uma política global – e deverá fazer com que todos os profissionais de seu ambiente respeitem as diretrizes.


Em 2018, a terceirização da política de segurança de dados será uma forte tendência. Isso porque a quantidade de profissionais qualificados para o setor está em baixa no mundo inteiro. Somente nos Estados Unidos, há 350 mil vagas de emprego – um número que só faz crescer. Segundo a revista HIT Leaders , a falta de talento vai levar muitas empresas a optarem por prestadores de serviço especializados.


O último ano também marcou a redescoberta da segurança de endpoints. Esses dispositivos não se limitam mais a computadores desktop. Hoje, a lista inclui laptops, smartphones, impressoras, entre outros.


A FastHelp lista abaixo algumas medidas simples para garantir a segurança de dados da sua empresa:


Estabeleça uma política de senhas


Parece uma dica boba. Cada usuário pode criar a senha que quiser, certo? Errado. É preciso criar senhas difíceis, que não contenham dados pessoais (como datas de aniversário). Hackers usam muitos robôs para tentar descobrir senhas. A política de senhas pode forçar o usuário a formar senhas complexas - adicionando uma barreira de proteção contra fraudes.
Dica: opte por “passphrases” (frases) em vez de “passwords” (palavras simples). Neste caso, uma boa saída é usar frases que façam sentido para você, com cada palavra começando com letra maiúscula.


Controle de privacidade

 

Sua empresa deve criar - e aplicar - uma política rígida de privacidade. É um compromisso da empresa e de seus colaboradores com o cliente; uma garantia de que todas as pessoas que possam manipular dados vão seguir os mesmos métodos. 


Não deixe senhas e códigos de acesso gravados no computador ou aparelho móvel. Nunca. E não abra exceções para acessos não-autorizados. Uma política de segurança flexível é uma política ineficaz. Segundo um levantamento feito pela empresa de investigação Kroll, 60% dos ataques a empresas que geraram comprometimento de dados foram feitos por funcionários ou ex-funcionários.


É importante, também, criar um termo de confidencialidade para seus contribuidores. Eles terão acesso a informações confidenciais, tanto da sua empresa quanto dos seus clientes. É importante se precaver contra possíveis vazamentos ou comprometimento de dados. Acordos dessa natureza aumentam o compromisso dos profissionais com a proteção dos dados na rede. 

 

Sistemas de antivírus

 

Não existe política de segurança de dados sem antivírus de qualidade. Lembre-se que hoje em dia é dificílimo se isolar de programas maliciosos. Muitos hackers tentam infectar banners de publicidade de sites seguros. Ou seja, ainda que você faça tudo certo, você pode ser infectado – a não ser que seu antivírus bloqueie essas tentativas de ataque.


A proteção deve incluir firewalls, sistema para encriptar dados, e o antivírus clássico. Todos os programas, é claro, devem estar atualizados. Dessa forma, eles terão acesso a tecnologias mais recentes contra as mais novas – e poderosas – ameaças.


Controle de sites

 

Essa é uma medida já popular na maioria das empresas, que limitam o tipo de site que um colaborador pode acessar. Afinal de contas, sites de jogos, pornografia, entre outros, apresentam graves riscos à segurança de uma rede. Sem falar nos riscos para a imagem da empresa.

Esse controle é uma medida simples, facilmente implantável, além de ser eficaz.


Autenticação de dois fatores


Os melhores prestadores de serviços em segurança de dados podem oferecer à sua empresa uma camada adicional de proteção. O primeiro fator de autenticação, em geral, é a sua senha. Mas não basta ter esse código. Para acessar o servidor, é preciso saber algo mais. A segunda camada pode ser um código a ser enviado por meio de um SMS.


É possível usar esse método para gerenciadores de sites (GoDaddy, WordPress, por exemplo), além de serviços que você use com frequência.

 

Backup e prevenção


O trabalho com segurança de dados é contínuo. É preciso que a empresa esteja sempre atualizada, implantando as principais ferramentas de proteção. Além disso, deve-se realizar backups periódicos – de preferência armazenando os dados tanto em um HD quanto na nuvem. Quanto mais cópias de segurança, melhor. Isso é, desde que essas cópias estejam bem protegidas contra ciberataques. Empresas precavidas também realizam, de tempos em tempos, uma análise de riscos no sistema, em busca de possíveis vulnerabilidades.

 

Cuidado com o USB

 

Dispositivos móveis podem ser um vetor de vírus à rede da sua empresa. Não deixe de verificar com antivírus qualquer dispositivo antes de conectá-lo a um computador.


Conscientização dos funcionários


No fim das contas, sua política de segurança de dados só será eficaz se os profissionais que trabalham em sua empresa sigam todas essas dicas. É importante investir em treinamento, para que cada profissional saiba da importância que a segurança tem para o funcionamento de qualquer negócio.

 

Siga-nos

       

 

Contato:

 SIA/SUL Trecho 02/03 Lotes 1545 a 1595 Salas 202 a 204 - Edifício Pinheiro

 CEP: 71.200-020 - BRASÍLIA/DF

 +55 (61) 3363-8636

 contato@fasthelp.com.br

Envie-nos uma mensagem!

Últimas Notícias